Trânsito no Brasil

informa-barbeiros-sao-os-outros-cases

Barbeiros são os outros.

Assim como em muitas metrópoles mundiais, também nas capitais brasileiras o trânsito é um problema dramático, responsável por índices de acidentes e mortes assustadores. Mas qualquer criança pode entender que quem provoca os acidentes no trânsito são os condutores, sendo os veículos apenas coadjuvantes dessa tragédia.

É aí que a coisa se complica, pois nenhuma lógica ou o simples bom senso consegue explicar razoavelmente a permanência e o crescimento de danos tão terríveis e mortais quanto esses.

O estudo realizado em 2012 se baseou em pesquisa quantitativa de avaliação do comportamento de condutores nas capitais brasileiras, com o objetivo de traçar um quadro claro e consistente para propiciar subsídios às campanhas educativas de reeducação dos motoristas, na tentativa de reverter substancialmente a situação.

O mais surpreendente foi constatar que a quase totalidade dos condutores identifica a falta de preparo dos motoristas como causa da maioria dos acidentes de trânsito. No entanto, e paradoxalmente, considera a si mesmo totalmente habilitado para a condução de veículos.

A pesquisa comprovou e evidenciou o âmago da questão: a confiança excessiva é a força motriz dos acidentes de trânsito e urge realizar imediata, ampla e duradoura campanha de conscientização dos condutores brasileiros. Ou seja, todo motorista brasileiro se acha um ás ao volante, aponta para o lado e diz: “barbeiros são os outros”.