Grandes eventos

informa-rio-regua-e-compasso-case

Rio de Janeiro, régua e compasso.

Desde que era a capital, o Rio de Janeiro tornou-se o principal portão de entrada de turistas no país. Contudo, os preparativos para o encontro da ONU Rio+20, em 2012, pareciam estar a anos-luz da Rio 92 de 20 anos atrás, quando a internet apenas ensaiava existir e nem se falava em redes sociais, embora prevalecessem os mesmos estereótipos da imagem da Cidade Maravilhosa: praia, futebol, samba e carnaval.

Para obter novos dados, a investigação exigiu a capacidade de deixar de lado o conhecimento tradicional do mercado turístico e pesquisar novas e substanciais informações capazes de subsidiar com absoluta segurança os organizadores do evento.

 

Tornou-se imprescindível conhecer detalhadamente as percepções de dois públicos-alvo sobre o Brasil: participantes de 50 nacionalidades. O estudo possibilitou medir milimetricamente a experiência de visitantes estrangeiros e de líderes de opinião, durante sua estadia no Rio de Janeiro e em outros lugares do país. A Rio+20 foi exitosa e ampliou enormemente a imagem do Brasil para sediar eventos de porte internacional.